• Beit Chabad Brooklin

Partido árabe-israelense louva terroristas do Massacre de 1929


Imagine se a página oficial do partido Likud, compartilhasse uma publicação na qual apoiava e glorificava um judeu que assassinou civis árabes, quão grande seria a repercussão disto?


A matéria seria manchete nos jornais internacionais, os telejornais só falariam de quanto Israel é um estado racista e extremista.


Porém, o relato acima não aconteceu, e justo pelo contrário. O partido Balad, que faz parte da Reshima HaMeshutefet, a junção de partidos árabes no Knesset, publicou louvores em sua página oficial no Facebook à três terroristas muçulmanos que massacraram judeus na Terra de Israel em 1929*.

A publicação foi escrita para marcar o 90º aniversário da execução dos terroristas.


Até o momento esta notícia não apareceu nos principais jornais israelenses, obviamente também não nos internacionais.


*O massacre, também conhecido como Massacre de Tarpat, foi realizado por muçulmanos da Terra de Israel contra os judeus moradores da área, homens e mulheres, bebês e idosos. Mais de 130 judeus foram mortos e centenas ficaram feridos. Por conta do massacre várias comunidades judaicas foram destruídas, entre elas de Hevron e de Gaza.


Fonte: Makor Rishon


Notícias de Israel By Dovi

8 visualizações

© 5780 por Beit Chabad Brookin.